top of page
artigo.gif

Ser mãe Naturista é...

Por Pedro Ribeiro

O naturismo tem nas mães naturistas a melhor forma da representação de nossa filosofia. Isso porque, em tese, elas podem influenciar na decisão de seus rebentos se continuarão ou não seguindo os meandros do Naturismo. Aqui me refiro, é claro, às mães naturistas que levam seus filhos para participar das atividades em áreas naturistas oficiais. Há muitas mães naturistas que não têm coragem de envolver o resto da família em nosso estilo de vida. Realmente não é fácil, na grande maioria das vezes, pois elas têm que enfrentar o nariz torcido, a implicância e o preconceito de pessoas muito próximas e também a incompreensão da sociedade em geral, pois sempre há preocupação de como os amigos do filho ou da filha  e, principalmente, os pais deles vão reagir quando souberem que o amiguinho de seus filhos vêem pessoas adultas de ambos os sexos peladas.

 

Paula Silveira, por exemplo, presidente da Federação Brasileira de Naturismo frequenta áreas naturistas juntamente com seu filho adolescente Nathan, hoje com 15 anos de idade, desde quando nasceu. “Desde pequeno Nathan aprendeu a valorizar o respeito pelo corpo, pelo meio ambiente e absorveu todos os princípios do Naturismo que tanto enriquece as nossas vidas”, explica Paula.


No entanto, o filho mais velho de Paula, Philippe, 34 anos, não teve a mesma desenvoltura com o Naturismo que o irmão caçula, pois até hoje não consegue participar sem roupas das

mae2.jpg

atividades as quais sua própria mãe planeja e organiza nos encontros do SPNat. “meu filho mais velho não foi criado e crescido praticando naturismo, no entanto ele compreende, respeita e aceita profundamente toda nossa filosofia. Ele se sente confortável em ambientes naturistas com a condição de que possa permanecer vestido, o que mostra o seu respeito pelas nossas escolhas.”

paula.jpg

Para Paula, ser mãe naturista significa ensinar constantemente o respeito, a aceitação do corpo, de forma natural, sem sexualizá-lo, que ajudará a promover uma imagem do corpo saudável e positiva. “É sobre também transmitir respeito pela natureza e compartilhar experiências que reforçam um estilo de vida ecoconsciente”.

 

Paula está sempre aberta a dialogar e tirar dúvidas sobre o naturismo, especialmente para outras famílias e amigos do seu filho, “eu sei que nem todos compreendem ou aceitam essa filosofia”.

 

Elisângela Santiago é outra mãe naturista que não se furta em levar sua cria para os encontros naturistas. Naturista há mais de dez anos, ocupou os cargos de Presidente e vice-presidente da Associação Naturista de Abricó. Ela é mãe, há três anos, de Elisabeth Lara, que teve boa parte de sua gestação nas areias da praia do Abricó, nos finais de semana. “Uma gestação maravilhosa, praticamente até os nove meses”


Apesar da pouca idade de sua filha, Elisangela afirma que

Elisabeth também é naturista. Participa dos encontros naturistas na praia e em outros locais, e fica naturista na maior parte das vezes. “Ela diz que é naturista e diz para todo mundo que Abricó é a praia para ela ficar pelada”, festeja Elisângela, afirmando que enquanto ela for criança, Elisabeth vai junto para os locais naturistas, até ter poder de decisão “mas espero que ela continue me acompanhando e ao pai dela por muitos e muitos anos”

“Ser mãe naturista é muito especial” declara Elis, “porque você está entre pessoas de total confiança. A gente passa a ter uma família bem grande, a família naturista, onde proporciona um ambiente seguro para minha filha, que vê os outros naturistas como amigos, como tias e tios, onde ela brinca livremente, corre sem medos porque sempre tem alguém tomando conta. Um carinho tão grande das pessoas com ela. É muito legal. É algo que não se tem em qualquer praia ou em qualquer lugar. Os Naturistas se cuidam, se protegem e cuidam especialmente das crianças.”

 

O jornal OLHO NU saúda as mães naturistas que conseguiram realizar o sonho de ter seus filhos naturistas também . E saúda também as mães naturistas que ainda não conseguiram realizar esse sonho de liberdade, o de criar seus filhos de acordo com suas crenças. Mas que estão lutando por isso. E saúda também as mães que ainda não são naturistas, ou por falta de oportunidade ou por falta de convite mais incisivo. Enfim, Feliz Dia das Mães a todas as mães dos naturistas, quer sejam elas naturistas ou não, por terem educado seus filhos e filhas com o princípio básico do Naturismo: respeito.

Elisangela.jpg

(enviado em 10/05/24 por Pedro Ribeiro)

ecologo1.gif
Capa_Livro_Lupa_Alfarrabista_ebook.gif
blog-anuncio.gif
bottom of page