top of page
logob10a.gif

Edição nº 275 - Outubro de 2023 - ano XXIV

Matérias inseridas no portal do jornal OLHO NU no mês de Outubro de 2023 na íntegra.

edotorial.gif
editorial

As novidades desta edição

Parabéns aos pais naturistas que levam seu filhos aos ambientes naturistas. Neste mês de outubro que se comemora o Dia das Crianças, aproveite a data e leve suas crianças a uma área naturista oficial, se houver oportunidade.


Primavera no Brasil. A despeito das "loucuras" meteorológicas, esta é a época que começam a florescer muitos eventos naturistas por todo o Brasil. E assim será realizado mais um garnde evento oficla da Federação brasileira de Naturismo: O X Encontro Norte-Nordeste de Naturismo, durante o feriadão de

Nossa Senhora de Aparecida. O grupo anfitrião, o Graúna, preparou diversas atrações que deixaram este evento anual inesquecível. Além disso, o Graúna festejou seus 20 anos de fundação. Por tudo isso foi um evento que, quem não foi, vai se lamentar por muitos anos. O Jornal OLHO NU fez a cobertura completa e trouxe todos os detalhes do que ocorreu. Clique agora e veja todas as informações em X ENNN. E em breve centenas de fotos que trarão todos os detalhes.

 

Enquanto aguardamos a realização do X ENNN leia e veja tudo o que aconteceu na 14ª edição do Tambaba Open de Surf Naturista, a única competição de surf nu oficial em  todo o planeta. Logo após o feriado de 7 de setembro, a praia de Tambaba recebeu atletas que desafiaram as águas mornas sobre suas pranchas no lindo cenário, diante de uma comissão julgadora, que avaliou suas performances técnicas, competindo por premiação 

especial. Como sempre o jornal OLHO NU esteve lá presente para informar tudo o que aconteceu diante de uma plateia interessada.  Foi a segunda vez que este evento é de responsabilidade direta da Federação Brasileira de Naturismo, que o tornou em evento oficial anual. Na noite de sábado, dia 9 de setembro, houve a festa oficial do evento no Território Macuxi. Veja mais de uma centena de fotos,  em as imagens do fatos.

O PlaNAT vai realizar eleições gerais para nova composição de diretoria. O edital está disponível para consulta,

 

Um NATConto, baseado em fatos reais, mostra que é na infância que a criança descobre sua verve naturista. Nada mais adequado ao mês que se comemora o dia das Crianças esta história de Nelmo José.

Pedro Ribeiro mostra o logotipo do jornal OLHO NU, um dos patrocinadores da 14ª edição do Tambaba Open de Surf Naturista

Infelizmente chegou notícia triste relatando falecimento de naturista notável. Da Itália, veio a informação do falecimento de Francesco Giordano, o conhecido e muito querido Franco, no dia 4 de outubro. Em NATNotícias

 

É a comemoração dos 70 anos de fundação da INF-FNI que trata uma das matérias da edição de outubro do boletim Focus. Além disso comemora a volta da Federação neozelandesa de Naturismo aos quadros da INF. Gala de Natação e competição de Petanque completam as matérias.

Img.: Arquivo JON

RN6.jpg

Crianças no Naturismo são essenciais para o bom futuro da filosofia. As famílias naturistas são a base de tudo.

Na Argentina, em dezembro, haverá mais uma edição da Corrida nudista. É aberto para qualquer naturista com fôlego de atleta que quiser participar. Em NATInternacional.

A ANACE fez festa naturista de Halloween no último sábado de outubro e em novembro visita uma instituição filantrópica e completa com a divulgação de seu calendário de atividades para 2024.

A ANAbricó comemora 20 anos da prática naturista na praia do Abricó, com festa, exposição, palestra e campanha de doação de roupas e brinquedos para a caridade. 

O NATIbiúna  mostra como foi a celebração do dia das Crianças em evento têxtil no sítio que regularmente organiza seus encontros. 

A última confraternização do ano do Graúna está marcada para dezembro.

As associações já estão apresentando seus calendários das atividades para 2024, atendendo pedido da Federação Brasileira de Naturismo que solicitou estas informações até dia 31 de outubro. Então, já podemos nos programar para visitar em 2024 a ANACE, a NATParaná, o NU-RN, a SONATA e o SPNat.

Boa leitura. Boa reflexão. Bom lazer.

 

Até a edição de Dezembro de 2023.

 

Pedro Ribeiro

pedroribeiro@jornalolhonu.com

Editor

capa03.jpg

Pedro, do portal Jornal OLHO NU, e Dhiego, do Instagram Naturista-por-aí, cobrem o evento por muitas edições há muitos anos.

(atualizado em 1/10/23)

associa.gif
anabrico

20 anos de Naturismo na praia do Abricó

20_anos_abrico2.jpg

(enviado em 4/10/23 via WhatsApp)

anace-calendario

Calendário de atividades da Associação naturista do Ceará em 2024

anace.jpg

(enviado em 31/10/23 via WhatsApp)

Festa Naturista - Halloween na ANACE

anace-halloween
anace03.jpg

A Anace promoveu, no dia 28 de outubro, a sua primeira festa de Halloween com seus membros, parceiros e amigos. A interação, figurinos e interpretação de personagens com suas poses, foram impecáveis. Teve ainda brincadeiras, karaokê, concurso de melhor maquiagem e melhor cantor (a). Esse evento será inserido no calendário oficial de eventos 2024.

(enviado em 29/10/23 via WhatsApp)

Festa Naturista - Halloween na ANACE

anace.jpg

(enviado em 15/10/23 via WhatsApp)

Visita filantrópica da ANACE em novembro

anace-visita
anace02.jpg

(enviado em 13/10/23 via WhatsApp)

Última atividade do ano do Graúna

grauna
grauna.jpg

(enviado em 26/10/23 via WhatsApp)

natibiuna

NATIbiúna festeja o Dia das Crianças em evento têxtil

No dia 12 de Outubro, foi realizada a Festa das Crianças,  uma ação social do Nat Ibiúna. Idealizada por  Eduardo Gil Carvalho Costa (kadu)*, proprietário da Chácara Yoshida em Ibiúna.

 

Foram atendidas 90 crianças com lanches, sucos, bolos, sacolinhas de doces, brinquedos e bolas. Mesmo com chuva, compareceram mais de duzentas pessoas, pois, as crianças são acompanhadas por pais ou responsáveis.

 

Também nessa ação social, são distribuídas roupas usadas em bom estado para os adultos. Apesar do tempo chuvoso, as crianças se divertiram na piscina.

Para que esta festa acontecesse, houve doações de amigos da Nat Ibiúna, comerciantes e vizinhos do bairro e amigos do Kadu. Todos os anos esta festa acontece e são convidadas crianças do bairro e arredores da chácara.

 

Parabéns kadu pela iniciativa e obrigado Nat Ibiúna pela colaboração.

(enviado em 20/10/23 via WhatsApp)

natparana

Calendário de atividades da NATParaná para 2024

(enviado em 10/10/23 via WhatsApp)

nu-rn

Calendário de atividades do NU-RN para 2024

(enviado em 10/10/23 via WhatsApp)

Confraternização de fim de ano no PlaNAT

planat-confra
planat03.jpg

(enviado em 27/10/23 via WhatsApp)

Edital de convocação para eleições no PlaNAT

planat-eleicao
planat02.jpg

(enviado em 19/10/23 via WhatsApp)

Halloween no PlaNAT

planat-halloween
planat.jpg

(enviado em 12/10/23 via WhatsApp)

sonata

Datas previstas dos eventos da SONATA para 2024

2024-sonata.jpg

(enviado em 22/10/23 via WhatsApp)

spnat

Calendário de atividades do SPNat para 2024

(enviado em 10/10/23 via WhatsApp)

inf-noticias.gif

Nova edição de Focus no ar

inf

Focus, o boletim informativo da Federação Internacional de Naturismo está com a edição de outubro disponível para leitura, em cinco idiomas em seu website (inf-fni.org): inglês, francês, alemão, espanhol e português. Você pode ler a versão de sua preferência clicando sobre os idiomas. Facilitando seu trabalho o jornal OLHO NU disponibiliza a edição em língua portuguesa traduzida e editada pela naturista portuguesa Filipa Gouveia Esteves.

Leia nesta edição:

 

A Federação Neozelandesa de Naturismo voltou a ser membro da INF. O festejado retorno ocorreu durante as comemorações dos 70 anos de Federação Internacional de Naturismo, em Montalivet. Cuja festa grandiosa reuniu mais de 120 pessoas em um final de semana de setembro passado. Eventos especiais, num tempo quente, propício para o naturismo, uma grande multidão de participantes nus assistiu ao descerramento de uma nova placa no monumento comemorativo da organização. Fizeram parte do pacote de atrações visita ao chalé do sítio em homenagem a Albert e Christiane Lecocq, fundadores do sítio Montalivet, além de oficinas, incluindo uma apresentação sobre a história do naturismo por Bruno Saurez, exibição do filme “Vivre Nu” (“Viver Nu”) e prática de desportos naturistas, incluindo tiro com arco e lançamento de pinhas. As duas matérias se complementam e abrem e fecham esta edição.

 

A segunda matéria conta como foi a 42ª INF-FNI Torneio de Petanque 2023, que também comemorou o quadragésimo aniversário da instituição anfitriã: a associação de naturistas húngaro.

 

focus.jpg

A terceira matéria anuncia o retorno a Belgrado do Gala Internacional de Natação. A competição será no sábado, 4 de novembro, e será supervisionada pelos juízes da Federação Internacional de Natação.

 

A penúltima matéria mostra que dois grupos de trabalho estão estudando formas de atualizar e modernizar os documentos que regem a INF-FNI e o seu sistema de adesão e financiamento. As propostas finais  serão apresentadas e debatidas no próximo congresso internacional a ser realizado no México em 2024.

Clique sobre a reprodução da capa desta edição acima para fazer o download.

(enviado em 8/10/23 via WhatsApp)

ennn10.gif
xENNN

X ENNN: o Naturismo se encontra com a Natureza

Por Pedro Ribeiro
ennn01.jpg

A foto oficial encerrou oficialmente o X ENNN, que reuniu dezenas de naturistas de todo o Brasil, em quatro dias de muita confraternização em um ambiente saudável e harmonioso, tornando o evento inesquecível,

O X Encontro Norte-Nordeste de Naturismo começou no dia 12 de outubro de 2023, mas antes mesmo dos participantes se deslocarem para a pousada Pedacinho do Céu, uma chácara a cerca de 50 quilômetros de Manaus no sentido Presidente Figueiredo, Jorge Bandeira lançou sua mais recente obra que escreveu a quatro mãos com a tradutora Mayara Campos, “A Trilogia do Naturismo de William Welby”, uma compilação da obra de Welby, naturista inglês do início do século XX. O lançamento foi no centro da cidade de Manaus, na livraria e Centro Cultural O Alienígena, numa pequena cerimônia que reuniu os autores, editores e amigos, às dez horas da manhã do feriado de Nossa Senhora de Aparecida. De lá foi o ponto de partida dos carros que levaram os participantes do Encontro para a chácara onde se reuniram naturistas de várias partes do Brasil. Aliás, provavelmente, devido aos altos preços das passagens aéreas para Manaus,

ennn02.jpg

Antes do início do X ENNN, Jorge Bandeira e Mayara Campos fizeram uma sessão de autógrafos para o lançamento do livro "A Trilogia do Naturismo" de William Welby, na livraria O Alienígena no centro de Manaus.

principalmente vindo das cidades mais próximas do Nordeste, membros das associações nordestinas foi minoria. Assim, fora o Graúna, a associação amazonense anfitriã, somente a Bahia teve representatividade por um membro da própria instituição, com a AMANAT, e que também representou o Ecoparque da Mata. O NU-RN também teve representação oficial. O Graúna, o anfitrião do evento, é claro, teve o maior número de membros presentes. Acabou parecendo mais um encontro nacional do que regional, pois membros de associações do Sul e do Sudeste foram prestigiar o evento: SPNAT, NIP, Colina do Sol, NATES e Anabricó.

A pousada Pedacinho do Céu é uma área de lazer com bar, restaurante e chalés para hospedagem que abrigou com conforto e segurança os hóspedes do Encontro. A primeira impressão do local é boa, e aumenta à medida que o local se torna mais íntimo, pela beleza da paisagem com suas construções rústicas espalhadas pela imensa área, mesmo estando boa parte da Amazônia coberta com uma fumaça incômoda resultante das queimadas  insistentes e anti-ecológicas, comuns nesta época do ano. A recepção do X ENNN, feita pela organização do evento, entregou a cada participante um kit de informações e lembranças, uma pulseira de identificação vermelha (para aqueles que não podem aparecer em fotografias) ou verde (para aqueles que não tem problemas de serem fotografados), além de conduzi-los para seus locais de hospedagem. O almoço já estava sendo servido, que acabou sendo a primeira atividade oficial. Um bufê com dois tipos de opções de carne e uma opção vegetariana.

O pacote de hospedagem foi do tipo “tudo incluído” com exceção das bebidas.

ennn03.jpg

Iram Lamego, presidente do Graúna, abriu oficialmente o X ENNN no dia 12 de outubro.

Neste primeiro dia, logo após o almoço, tivemos a abertura oficial do evento feita por Iram Lamego, presidente do Graúna, apresentando as diretrizes gerais, a programação e saudando os visitantes. Depois, uma tarde livre onde pudemos conhecer e desfrutar de algumas atrações da propriedade, como o banho refrescante no igarapé Tarumã-açu, que banha o local, jogo de vôlei e trilha. O jantar, também em estilo buffet, foi servido sempre entre 18 e 20 horas. Logo após o jantar, uma reunião de confraternização onde cada presente se apresentou aos demais, informando nome, de onde vinha e há quanto tempo está no Naturismo. Logo em seguida, um sarau foi a atração, onde muitos revelaram suas veias artísticas declamando poesias, fazendo apresentações teatrais ou contando histórias.

Desta forma encerrou-se o primeiro dia do X ENNN.

O segundo dia do X ENNN começou com um farto café da manhã, no estilo self-service, com produtos básicos, além de cará, raiz típica da região e sucos de goiaba e cupuaçu. Enquanto tomávamos nosso café da manhã nas mesas espalhadas pela margem do rio que banha a propriedade, chegaram alguns índios (dois homens e duas mulheres) das etnias do Alto Rio Negro: Carisu, Tarianae Tukano  que vieram fazer pintura corporal nos naturistas que quisessem e fazer uma apresentação confraternizadora de um de seus rituais ancestrais, sob orientação da professora Mara Pacheco. O ambiente acabou sendo um pouco cômico na relação entre índios e naturistas, pois os índios não se despiram, estavam sem camisa, usando bermudas e

ennn04.jpg

índios e naturistas se confraternizam enquanto executam passos de dança ritualística 

pintura corporal, enquanto que as índias estavam também sem a parte de cima da indumentária, mas usavam enfeites de palha sobre a pele pintada e os calções. No entanto foi um momento de descontração e de aprendizado sobre as tradições indígenas.  Após, nem no banho do rio os índios se animaram a se despir para ficar de acordo como os demais convidados do sítio.

Já na hora do almoço repetiu-se o esquema de serviço autônomo, com duas opções de proteínas, peixe típico ou carne, mais acompanhamentos com preparação usual da região. O que ocorreu em todas as outras intervenções das refeições: Jantar, café da manhã e almoço.

Após o almoço tivemos a primeira dinâmica do encontro, começando com uma entrevista com as quatro crianças presentes no evento, todas em torno de oito anos de idade, dois casais filhos de participantes.  Entre as perguntas a elas uma foi como se sentiam em estarem nuas ali junto com outras pessoas também nuas, crianças e adultos, responderam que se sentiam tranquilas. Foi perguntado se elas contavam para os coleguinhas que participavam de encontros deste tipo. Elas responderam que não, porque os pais haviam ensinado a elas que seria melhor não contar. Depois da pequena entrevista passou-se à dinâmica: Cada naturista escreveu num pedaço de papel, a sua lembrança de como foi sua relação ao corpo nu quando era criança e adolescente, seu próprio corpo e corpo de outras pessoas, da mesma idade ou mais velhas, sem precisar se identificar. O resultado disso será arquivado no Graúna para consulta posterior.

ennn05.jpg

Pequenos grupos de naturistas plantaram mudas de diferentes árvores frutíferas no terreno do evento, simbolizando a conexão com a "mãe terra".

Por volta das quatro da tarde, chegou a hora de plantar mudas de árvores frutíferas no terreno, de forma solidária e simbólica, para representar a terra e a natureza, de conexão com “Mãe Terra”

Logo após foram todos conhecer o outro lado do sítio com uma boa caminhada por uma trilha produzida por automóvel, que nos levou até outro trecho do igarapé. Lá tomamos banho e retornamos à área principal onde alguns já estavam no meio de um animado jogo de Vôlei.

Após o jantar realizou-se uma divertida noite de jogos de tabuleiro, que foram espalhados pelas diversas “malocas” com muito riso e descontração. Cada vencedor da primeira rodada de cada jogo foi agraciado por uma medalha de “campeão”.

Fim do segundo dia.

O terceiro dia, após o café da manhã, começou com convite para visitarmos a exposição “A Visão” composta por 25 desenhos e ilustrações, únicos e originais, em técnicas mistas, feitos por Jorge Bandeira. As obras estavam à venda com valores entre 30 e 60 reais. Infelizmente a apresentação teatral também intitulada “A Visão” que complementaria a exposição foi cancelada.

Por volta das 10 horas da manhã uma divertida gincana cultural tomou conta do espaço, integrando a maioria dos naturistas presentes. Liderado por Robson Nei, foram formados dois grupos de 11 integrantes identificados com fitas amarradas nos braços de cada participante: pretas e brancas. Os grupos competiram com provas como criação de um grito de guerra, corrida da bola na colher, soprar e estourar o balão, olhar fixo sem rir, jogo da mímica e uma esquete teatral com tema sobre o Naturismo, a qual foi julgada por um corpo de jurados formado pelos naturistas que não participaram das brincadeiras. Somadas todas as pontuações obtidas, houve incrivelmente empate no resultado.

O almoço teve que ser atrasado um pouco por causa do final da gincana. Enquanto aguardávamos a chegada de Jorge Bandeira que viria fazer lançamento de seu novo livro no evento, um morador da área nos deixava todos encantados com seu passeio. Era uma espécie de iguana que circulou por um bom tempo pela copas das árvores.

Jorge Bandeira apresentou o livro “A Trilogia de William Welby”, mais uma vez de maneira brilhante e autografou os exemplares vendidos na ocasião. Teve que se retirar às pressas do encontro por ter outro compromisso no XVII Festival de Teatro da Amazônia, onde fez parte da organização.

Enquanto aguardávamos o início do torneio de vôlei, o

ennn06.jpg

Um iguana passeava tranquilamente pelas copas das árvores, provavelmente em busca de comida.

eclipse solar foi mais uma atração natural que pode ser acompanhada através das nuvens tênues que serviram de filtro para as observações.

ennn07.jpg

O torneio de vôlei reuniu três times de quatro pessoas cada um, que jogaram entre si até ser definido o time campeão.

Após o jantar especial, que começou a comemoração dos vigésimo aniversário da associação anfitriã, houve apresentação da peça “A inversão”, cujo tema apresentava uma sociedade na qual a nudez era a norma e tinha problemas com as pessoas que insistiam em usar roupas em público, causando revolta e atritos. Seguiram-se o “Parabéns prá você” e o corte do bolo de aniversário após o brinde com vinho, espumante e água.

Uma movimentada dança de carimbó, com direito a explicações de sua origem e significado, alegrou ainda mais a noite naturista, que foi finalizada por um divertido karaokê.

A manhã de domingo teve, logo após o café da manhã, a plenária da Federação Brasileira de Naturismo com o tema “O ilícito e o Naturismo”, comandada pela presidente da FBrN, Paula Silveira, o tema foi apresentado e debatido com diversas intervenções dos

ennn08.jpg

assistentes. Em seguida, a atração, debaixo de uma chuva forte, foi o sorteio dos ganhadores da rifa que foi vendida virtualmente por várias semanas antes do início do ENNN. A ação começou com transmissão ao vivo pelo Instagram do Graúna, mas ela foi logo "derrubada" por causa das imagens que mostravam nudez real, mas o sorteio prosseguiu normalmente na sítio. Os prêmios foram canecas do evento, livro de Jorge Bandeira e, o prêmio maior, estadia no Ecoparque da Mata, durante o XI Encontro Norte-Nordeste de Naturismo, que será realizado no próximo ano. Este momento foi concluído com o ritual de entrega do candeeiro, símbolo do ENNN, uma espécie de tocha olímpica, para o representante da entidade que o sediará em 2024, Etienne Marcos, em nome do Ecoparque da Mata.

ennn09.jpg

A foto oficial foi o último ato coletivo do X ENNN, que deixará saudades pelo espírito de coesão, fraternidade e animação que os integrantes do Graúna não tiveram pudor de expor, compartilhar e contagiar, recebendo todos os convidados de forma ímpar e acentuadamente eficiente nos mínimos detalhes. Parabéns à organização.
 

Foi um evento que, com certeza, jamais será esquecido.

(enviado em 17/10/23)

Aguarde: Em breve as fotos dos fatos - dezenas de imagens que detalham todo o espírito do sensacional encontro Norte-Nordeste.

noticia.gif
natnoticias

Nota de falecimento: Francesco Giordano, o doce Franco

por Pedro Ribeiro

Faleceu, na Itália, no dia 4 de outubro passado, aos 75 anos de idade, Francesco Giordano, conhecido carinhosamente como Franco, vítima de uma Isquemia cerebral.

Italiano de nascença, mas brasileiro de coração, vinha frequentemente ao Brasil, onde casou duas vezes. Primeiramente com a inesquecível Miriam Zorzella, uma das mais queridas naturistas brasileiras, guerreira que foi introduzida no naturismo justamente por Franco.

Viúvo, viveu por muitos anos um novo relacionamento com a gaúcha naturista Lígia Buaes até alguns poucos anos, que revelou que o nome do ex-companheiro foi dado em homenagem ao São Francisco de Assis, e, por coincidência do destino, faleceu justamente no dia dedicado ao santo.

Img.: Arquivo pessoal J. Tannus

franco.jpg

Foto de 2013, em Montoro Inferiori, quando o Franco assinava o documento de posse como integrante da direção da FBrN.

Muito querido no meio naturista, participou de inúmeros eventos no Brasil e no exterior. Em 2013, foi nomeado Diretor de Relações Internacionais da FBrN, na gestão João Olavo/José Tannus. É Tannus quem apresenta o depoimento a seguir: "Era um grande amigo. Nos recebeu em sua casa em Montoro Inferiori alguns anos atrás, quando eu ainda era do conselho da federação. Em outra oportunidade ele também recebeu meus filhos. Sempre muito hospitaleiro. Um grande anfitrião. E também um grande defensor do naturismo. Ele e a saudosa Miriam deixam um vazio. Nossos mais profundos sentimentos."

Deixou dois filhos: Giullia e Alfredo.

Giullia Giordano, 39 anos, filha do Franco, escreveu uma linda e emocionante mensagem póstuma pra seu querido papá. O jornal OLHO NU a publica aqui na íntegra traduzida para o português com auxílio do tradutor do Google, mas a versão original está disponível clicando no título acima, em Italiano.

Adeus, papai…

 

“Passo entre os homens como entre fragmentos do futuro: daquele futuro que contemplo. E o significado de todo o meu trabalho é que eu imagino como um poeta e recomponho em Um o que é fragmento, enigma e aleatoriedade horrível. E como eu poderia suportar ser homem se o homem não fosse também um poeta, um solucionador de enigmas e um redentor do acaso” (Nietzsche)

franco01.jpg

Img.: Arquivo pessoal Giullia Giordano

Giullia Giordano, com seu papá, é autora do lindo texto mostrado de despedida ao lado.

Não é fácil realizar o meu discurso sobre o traço luminoso e por vezes invisível da solidão dolorosa e secreta de um pai: cheio de autênticos conteúdos emocionais de contemplação e oração: virtudes às quais ele confiou os seus pensamentos e ações. As palavras desmoronam, diante da nostalgia inquieta do coração, da sua coragem, e da sua esperança contra toda esperança que fosse possível vislumbrar, o som das águas vivas e o farfalhar das asas, que palpitavam suavemente em seu coração. Um homem amplamente incompreendido, com uma sensibilidade insondável, de aparência desalinhada, mas intacto de mente, coração e alma, resgatado e redimido por uma fé pulsante que ultrapassou a cerca da razão, empurrando-o conscientemente para os limites e origens da nossa existência. “Habitado por Deus” a sua fonte era a da interioridade, sempre aberta a infinitas interpretações que se renovavam de época em época. A sua linguagem de olhos, rosto e gestos conheceu o desabrochar das rosas, apesar da dor do corpo e do aprisionamento de uma radical infelicidade familiar. Um 

rosto testemunha da angústia, transfigurado por uma luz nos olhos que se abriam sem parar. Como não nos lembrarmos de uma história de vida, em colisão com as nossas identidades apenas porque não se enquadrava nos paradigmas da normalidade. Como não saber que em mundos dolorosos, de uma sensibilidade invulgar, ressurgem as sombras cruéis da felicidade perdida, que arrasta consigo, pelo menos em parte, a perda de todas as relações humanas. As feridas sangrentas da alma são verdadeiramente sem limites, que surgem como uma condição de vida dolorosa e atormentada causada pela perda das relações humanas. Desta vez, não há conclusão possível no discurso, mas apenas traços congelados de dor que se escondem nos caminhos escuros da solidão: de estar sozinho.

 

Brilhe agora, entre o céu construído com as pedras do silêncio; Seu espírito respira canção, flutua no arco-íris de cores e, reverbera entre as estrelas cadentes da esperança. Reunidos na sarça ardente da contemplação, através das águas de um céu azul, conforte meu coração.

 

Descanse em paz papai
“Em cada passo… em tempo infinito…. você estará comigo"

 

Com amor
Sua filha
Giullia

(enviado em 8/10/23)

midia.gif
de-olho-na-midia

Presidente da ANACE anuncia que praia de naturismo no Ceará está bem próxima

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A REPORTAGEM PUBLICADA NA EDIÇÃO ANTERIOR

por Evandro Cruz, Presidente da ANACE


O projeto da praia naturista do Ceará encontra-se em andamento e todos nós sabemos que isso não é algo que irá acontecer da noite para o dia, principalmente diante dessas reportagens na qual fui entrevistado, onde um blog sensacionalista fez uma má interpretação e modificou as narrativas de minha entrevista. Estamos trabalhando paralelamente com a elaboração e os ajustes do projeto, como tbm com as comunidades que existem na região que são em torno de 24. Eles tbm entrarão no projeto para a geração de emprego e renda, como tbm na manutenção e infraestrutura da praia, pois praia Naturista sem o respaldo e a ajuda da comunidade, ela (a praia) não sobrevive. E realmente não existe nada ainda na pauta da Câmara de Vereadores e Prefeitura local relacionados ao projeto da praia Naturista que está sendo elaborado. Estamos agindo com prudência e inteligência para minimizar os erros e que as decisões tomadas sejam assertivas, pois ano que vem será um ano eleitoral e isso por si só já dificulta todo esse processo.

(enviado em 2/10/23 via WhatsApp)

internac.gif
natinternacional

Corrida nudista na Argentina 2023

cross.jpg

(enviado em 1/10/23 via WhatsApp)

esporte.gif
natesporte

As imagens dos fatos do
Tambaba Open de Surf naturista número 14

Não existe evento naturista que não produzam belas imagens, sejam do local onde ele foi realizado, sejam dos momentos de confraternização e alegria dos participantes, sejam dos momentos "sérios". E durante a 14ª edição do Tambaba Open de Surf Naturista não foi diferente.

Veja algumas dessas imagens que refletem o clima e os momentos mágicos e inesquecíveis.

Clique sobre as imagens para carregar as galerias ou ver os vídeos

A aula de surf

Embora ainda não tenha sido desta vez que as mulheres participaram das competições do surf naturista, elas foram as principais "alunas" do "aulão" de surf, que ensinou noções básicas de como se comportar sobre uma prancha, mesmo sendo praticado sobre um ambiente seguro: a areia. O professor foi o surfista veterano Wagner Meira, que também participou das competições do Tambaba Open.

Imagens de Pedro Ribeiro

Flagrantes dos atletas

Os atletas participantes do Tambaba Open de Surf Naturista são os principais atores do evento. Trazem para a praia de Tambaba toda sua técnica e juventude que enriquecem o Naturismo. A maioria deles é frequentadora da praia de Tambaba, na maior parte das vezes para praticar o surf nu. Alguns também participam de competições do esporte por todo o estado e Nordeste. Alguns são campeões. A maioria também já participou de muitas edições anteriores deste evento.

Imagens de Pedro Ribeiro

Limpeza de Praia

Dentro da campanha do dia Mundial da Limpeza ambiental lançado por organismos internacionais, a SONATA promoveu o momento de conscientização na praia de Tambaba em relação ao cuidado ambiental que deveríamos ter. Um pequeno exército voluntário se mobilizou para recolher o lixo encontrado jogado por todo o canto. Infelizmente houve muito recolhimento.

Imagens de Pedro Ribeiro

Surf naturista na TV

As edições do Tambaba Open de Surf naturista sempre atraem atenção da mídia não naturista, mais por curiosidade  do que pelo fato esportivo. Esta edição não foi diferente. Duas grandes redes de TV estiveram fazendo matérias, SBT e Globo, que foram veiculadas, infelizmente somente na programação local das emissoras.
 

O objetivo era entrevistar os atletas, mas também alguns naturistas deram depoimentos que foram veiculados, inclusive eu, que falei sobre Naturismo. A matéria exibida pela TV Cabo Branco está disponível abaixo.

Imagens de Pedro Ribeiro

Reprodução da TV

Os jurados do evento

A comissão técnica que avalia as performances dos competidores do Tambaba Open de Surf Naturista é composta por três juízes que fazem parte da Federação Paraibana de Surf. Aliás a competição aqui, dada à sua seriedade, vale pontos para o campeonato de surf do estado, por isso há uma garnde procura para participação de atletas e o ótimo nível da competição.

Imagens de Pedro Ribeiro

A festa no território Macuxi

O Território Macuxi é uma propriedade aberta para vivências naturais localizada no município do Conde. Em certas ocasiões o Território é de dedicado ao Naturismo, como foi o caso. A festa de confraternização do evento foi na noite de sábado, reunindo dezenas de naturistas e não naturistas. A Banda Sob o Tom animou o povo.

Imagens de Pedro Ribeiro

Manobras de treinamento antes da competição

Sem dúvidas, o melhor momento do Tambaba Open de Surf Naturista é quando os atletas estão na água exibindo suas técnicas, habilidades e ousadias para enfrentar as ondas com suas pranchas preferidas. Antes de começar a competição eles treinam para se aprimorarem e, alguns, se acostumarem com o mar de Tambaba e com suas próprias nudezes. 

Imagens de Pedro Ribeiro

Manobras dos atletas durante a competição

Mas quando é para valer, eles não economizam esforços para apresentarem seus melhores desempenhos. Ficam ainda mais realçados com as camisetas de quatro cores diferentes, que são alternadas a cada bateria.

Registrar estes momentos é um exercício de paciência do profissional da imagem.

Imagens de Pedro Ribeiro

Manobras do Gui

Abaixo uma sequência de imagens de Reginaldo Filho em uma só onda, que mostra porque ele está entre os melhores surfistas da Paraíba.

Imagens de Graça Andrade

Aniversário de 27 anos da SONATA

A Sociedade Naturista de Tambaba, promotora do evento juntamente com a Federação Brasileira de Naturismo, comemorou na ocasião o vigésimo sétimo aniversário de fundação. Após o "Parabéns prá você" e as homenagens de praxe, o bolo foi cortado e distribuído para visitantes e atletas,

Imagens de Pedro Ribeiro

Premiação e encerramento

Finalmente, a cerimônia de entrega dos prêmios aos vencedores do 14º Tambaba Open de Surf Naturista

Imagens de Pedro Ribeiro

(enviado em 01/10/23 via WhatsApp)

conto.gif
natconto

*O DESPERTAR DE UMA CRIANÇA NATURISTA*

Por Nelmo José

natconto02.jpg

Img: reprodução de HQ - Maurício de Souza Produções

O ano era 1977, eu tinha 9 anos de idade. Diferente da criançada de hoje em dia, que só vive agarrada no celular e em joguinhos eletrônicos, eu tive uma infância de verdade! Aquela de brincar na rua, de subir em árvore, de jogar bolinha de gude, de brincar de pique, de rodar peão, de descer a ladeira no carrinho de rolimã, de correr das chineladas da mãe por alguma "má-criação", de cair, esfolar o joelho e de chorar desesperadamente antes mesmo da mãe passar Mertiolate nos machucados...

Sim, foi realmente uma infância incrível! Já naquele tempo, eu ensaiava os meus primeiros passos como Naturista. Ficar nu nunca foi uma preocupação para mim. Principalmente, quando você está vivendo a melhor época da sua vida e rodeados de amigos, onde a inocência impera e você tem nenhuma maldade e nenhuma preocupação, tudo parece ser uma eterna felicidade.

 

Na década de 70, Divinópolis, ainda tinha os seus encantos de cidade do interior, não era a cidade agitada e barulhenta como é hoje. Ainda havia campinho de Terra batida e lagos próximos das casas para se divertir que propiciavam uma vida mais lúdica e menos estressante e com mais Liberdade.

 

Certa vez, a meninada da rua, decidiu jogar bola, no sábado, lá... no campinho da grota! Esse tal Campinho, para você ter uma ideia, ficava um pouco distante da rua onde morava, mais ou menos uns 700 metros ou um pouquinho a mais, o que era muito longe naquele tempo, principalmente, para os olhares atentos de nossos pais. Mas, para convencer as nossas mães a deixar-nos ir até ao Campinho da grota, tivemos que fazer uma semana de “total” sacrifício, sendo "bonzinhos e obedientes". Lembro-me ter sido uma das mais longas semanas que já vivi.

 

Finalmente, o sábado chegou. E é claro que as mães nos liberaram, depois do excelente comportamento durante toda a semana. Mas, como de costume, não faltaram muitas recomendações e pedidos para tomar cuidado para ir jogar bola no tal Campinho (sabe como é, né? mãe é mãe!).

 

Acho que éramos uns nove ou 10 moleques, aptos para esta aventura, não me lembro direito. Descamisados, de pés no chão e com a bola na mão, fomos felizes em direção da nossa recompensa pelo "Bom Comportamento".

 

Finalmente, chegamos no campinho da grota. E a brincadeira era o seguinte, ganha quem fizer 20 gols primeiro (só criança para pensar nisso, não é não? Kkkk). Final de partida. Tudo ia bem, estávamos exaustos do jogo de bola. Até que um pequeno Lago próximo ao Campinho, nos chamava insistentemente para nos atirarmos em suas plácidas e refrescantes águas. E como dois e dois são quatro, com certeza não titubeamos, mergulhamos no lago, sem pensar duas vezes. Mas antes, tiramos toda a roupa, para que as nossas mães não percebessem as nossas roupas molhadas. (Toda vez que falo em naturismo, sempre hei de lembrar dessa cena!).

Como nada nessa vida é perfeito, a avó de uma das crianças que estava nadando, passou na trilha em cima do Lago, parou e

ficou olhando a gente. Ao percebermos a velha senhora nos olhando, seguramos a cabeça do seu neto debaixo d'água por um longo período a ponto do pobre coitado quase perder o fôlego e se afogar, até que ela fosse embora, somente para não contar à sua filha a estripulia que o seu neto estava fazendo. Graças a Deus, nada de mau aconteceu! Rimos muito depois!

 

Este dia foi um dos dias mais incríveis da minha vida que eu vou levar sempre na minha mente e no meu coração! Foi o dia, em que realmente apareceu a centelha para eu me tornar um naturista.

natconto01.jpg

Img: reprodução de HQ - Maurício de Souza Produções

Feliz Dia das Crianças!

 

SALVE O NATURISMO BRASILEIRO!🇧🇷

 

Nelmo José Divinópolis/MG

(enviado em 01/10/23 por WhatsApp)

ecologo1.gif
Capa_Livro_Lupa_Alfarrabista_ebook.gif
bottom of page